Estado vai pagar 6500 euros aos emigrantes que voltem para trabalhar

A medida serve para atrair mão-de-obra e abrange quem tiver emigrado até dezembro de 2015. Entra em vigor já no próximo mês.