Nas últimas 48 horas de campanha eleitoral, CDS tornou a criticar o Governo por não divulgar as cativações orçamentais que se prepara para fazer e o PSD apelou ao voto em Lisboa.