Europeias: Marisa Matias defende que é preciso nacionalizar o Siresp

A cabeça de lista do Bloco de Esquerda às eleições europeias insiste na necessidade de haver um controlo público sobre o sistema de comunicações, de modo a evitar mais falhanços, como os que têm acontecido nos últimos anos, durante os grandes incêndios. A candidata bloquista mostrou-se contra as políticas europeias, que diz que apenas promovem o lucro das florestas e falou ainda sobre a importância de existir uma maior articulação dos fundos comunitários, para que cheguem mais depressa às vítimas das catástrofes. Declarações de Marisa Matias, num jantar-comício, em Faro, depois de ter visitado as áreas afetadas pelo fogo em Monchique.