Fernando Medina alerta para a ameaça do populismo no seu último discurso como presidente

No seu último discurso enquanto presidente da Câmara de Lisboa, na cerimónia do 5 de Outubro, Fernando Medina alertou para a ameaça dos radicalismos e dos populismos.

Sobre "Jornal da Uma"