Jerónimo de Sousa: "Nada impede que o Governo se mantenha em funções"

Um dia após o Orçamento do Estado para o próximo ano ter sido chumbado, instalada a crise política no país e a "geringonça" ter oficialmente chegado ao fim, Jerónimo de Sousa reitera que PCP "não deseja eleições" e que "nada obriga à dissolução da Assembleia da República"

Sobre "Jornal 24"