Jerónimo de Sousa volta a afirmar que "a vida e a morte não são referendáveis"

O Partido Comunista já decidiu que vai votar contra a eutanásia. Jerónimo de Sousa pede mais investimento nos cuidados paliativos e pede para não matarem. 

Sobre "Jornal das 8"