Marcelo reage às críticas de Mário Nogueira: "Há coisas incompreensíveis"

"Se alguma acusação me foi dirigida, foi de ter favorecido os professores, assinala o Presidente da República", que foi acusado por Mário Nogueira, da Fenprof, de não ser o Presidente de todos os portugueses. Sobre as críticas, diz que não entra em guerra com nenhuma classe profissional e que "há coisas que são incompreensíveis". Marcelo falou ainda sobre as razões que o levaram a promulgar o diploma da compra do SIRESP pelo Estado.