Ministra justifica contratação de apenas 27 obstetras e ginecologistas

Foi aprovada na manhã desta quarta-feira a ida da ministra da Saúde ao Parlamento para dar explicações sobre o fecho rotativo das urgências. Aos jornalistas, Marta Temido quantifica em 150 as necessidades de médicos obstetras.