Moradas falsas no Parlamento: “Sentimos a cada dia que a democracia está a apodrecer”

Oito de deputados políticos são suspeitos de terem declarado ao Parlamento moradas diferentes das suas residências com o objetivo de beneficiarem de subsídios de deslocação indevidos.

Miguel Guedes reitera que se estão a suceder os casos que criam uma “orfandade moral e ética” nos cidadãos portugueses e que são uma afronta à democracia nacional.

Sobre "O Dilema"