"Não há que ter medo das eleições internas no PSD", diz Rangel

Na primeira ação de campanha interna numa pedreira em Vila Viçosa, o candidato à presidência dos sociais-democratas, Paulo Rangel, diz que nada justifica a suspensão da democracia no PSD, referindo-se à crise política.

Sobre "Jornal da Uma"