Nuno Melo: “Unir significa resistir a vendetas”

Nuno Melo, eurodeputado do CDS-PP, foi convidado da TVI24 para analisar a entrevista de Francisco Rodrigues dos Santos a Miguel Sousa Tavares.

O centrista enaltece o facto de o partido ter ganho relevância na comunicação social, nas últimas semanas, mas alerta que “unir significa resistir a vendetas”.

Sobre "Notícias"