"O BE não fecha nenhuma porta mas nunca vai abdicar do seu programa"

O Bloco de Esquerda quer que as grandes empresas financiem parte da reforma da Segurança Social, mas entende que o processo deve ser gradual e sem pressas. Catarina Martins encerrou o ciclo de entrevistas a líderes partidários na TVI e defendeu que o novo banco deve ficar nas mãos do Estado e que Portugal deve insistir na reestruturação da dívida.