PCP e Bloco de Esquerda responderam às acusações de António Costa, que os intitulou de "partidos de protesto". PS parece ainda animado com as sondagens.