Esta quarta-feira foi daqueles dias no Parlamento em parecia que o Governo não tinha parceiros. Da Esquerda à oposição, todos atacaram o Executivo de António Costa por causa das contas sobre os professores