Tancos: "Azeredo Lopes sabia muito mais do que revelou"

No debate na Comissão Permanente sobre Tancos, PSD e CDS-PP reiteraram as suas dúvidas de que o primeiro-ministro, António Costa, não tivesse sido informado pelo antigo ministro da Defesa, Azeredo Lopes, da encenação do reaparecimento das armas furtadas em Tancos, merecendo do PS a acusação de “indignidade parlamentar”. Duarte Marques e Telmo Correia falaram por PSD e CDS, respetivamente.

Sobre "Notícias"