Tancos: Marcelo garante que "é não é criminoso"

Marcelo Rebelo de Sousa reitera que não teve conhecimento prévio da encenação para recuperar as armas roubadas em Tancos.

É a reação a uma notícia da TVI sobre uma escuta em que um oficial da Polícia Judiciária militar parece fazer referência ao Presidente da República, quando se refere a "papagaio-mor do reino". Esta será, pelo menos, a convicção do Ministério Público.

 

Sobre "Jornal da Uma"