Portugal disponível para receber 2.000 estudantes refugiados

Oferta que António Costa levou a Berlim para ajudar a Alemanha a lidar com a pressão migratória. O primeiro-ministro disse ainda que o setor agrícola nacional também poderá beneficiar com a vinda de refugiados para trabalhar.