Portugal "não é a Grécia, são situações diferentes"

Jerónimo de Sousa espera, no entanto, que se um dia Portugal ficar na mesma situação, os credores não tenham a mesma posição adotada com os gregos