Português que defendeu polícia: "Dizem que sou agente infiltrado"

Miguel Henriques Paixão salvou um polícia que estava a ser linchado no protesto dos coletes amarelos, em Paris