Portugueses queixam-se pouco de discriminação e crimes de ódio, revela estudo

Os portugueses queixam-se pouco de discriminação e crimes de ódio apesar de 3 em cada 10 conhecerem alguém que já foi vítima destes atos. São conclusões de um estudo da Associação Portuguesa de Apoio à Vitima.