"Portugueses têm o direito, mas também o dever, de exigir um Governo estável e duradouro"

Comunicação do Presidente da República, Cavaco Silva, ao país. Eleições legislativas marcadas para 4 de outubro.