Preços dos combustíveis sem sinais de abrandamento

Os preços dos combustíveis não dão sinais de abrandamento. Os mercados internacionais continuam a puxar para cima, mas, no caso português, os impostos pesam e muito. 

Sobre "Jornal das 8"