Presidente da Associação de Proteção Civil fala em erro na deteção inicial da tragédia

O presidente da Associação de Proteção Civil aponta o dedo às autoridades indonésias e à preparação para este tipo de tragédias. Ricardo Ribeiro considera que o país tem de se apetrechar com os meios mais modernos de deteção de tsunamis.