Presidente da Rainbow Portugal investigado pela PJ por orgias com menores

A Polícia Judiciária está a investigar um milionário alemão que vive e trabalha em Portugal há mais de dez anos. As suspeitas são de lenocínio de menores. Matthias Schmelz, presidente da Rainbow Portugal, que fez fortuna a vender aspiradores, está indiciado por pagar a jovens adolescentes para orgias em sua casa no concelho de Cascais.

Sobre "Jornal das 8"