Primeira-ministra dinamarquesa classifica atentados como «terroristas»

Declarações de Helle Thorning-Schmidt após os ataques em Copenhaga, que fizeram dois mortos e cinco feridos