Homem de 60 anos, professor e residente em Ponte de Lima, estava acusado de quase 100 crimes de abuso, coação e importunação sexual.