Professores com “alguma insegurança” em dar aulas

Mário Nogueira, secretário-geral da Fenprof, defendeu esta segunda-feira, que antes do regresso às escolas, deveria ter sido feito um rastreio para perceber efectivamente qual é o estado infeccioso nas escolas do país. O sindicalista alerta ainda que os professores devem ter um cuidado acrescido.

 

Sobre "Diário da Manhã"