Projeto de Isabel dos Santos deixa 3 mil angolanos a viver no meio do lixo

Na longa investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação, está também documentada uma situação que expõe a profunda diferença entre pobres e ricos em Luanda. É o que acontece com 3 mil angolanos da praia da Areia Branca. Foram desalojados pela polícia e vivem há anos num cenário de morte e doença.

Sobre "Jornal das 8"