Prostituição de menores: dirigente socialista julgado por 50 crimes

Um dirigente socialista de Leiria está a ser julgado por 50 crimes de recurso à prostituição de menores. O arguido, que é funcionário do Instituto do Desporto e Juventude, terá pago, segundo a acusação, a um menor para a prática de actos sexuais.

Sobre "Jornal da Uma"