Prostituição: "É dinheiro mais rápido, mas não é fácil”

Vários moradores do Campo Grande, em Lisboa, querem expulsar o negócio do sexo de um prédio habitacional. A dona da casa de alterne garante que não incomodam ninguém porque não fazem nada no vão das escadas e lançou uma petição para que se legalize a prostituição em Portugal.

Sobre "Jornal das 8"