PSP encerra creche que tinha alvará para ser cabeleireiro

A PSP encerrou uma creche ilegal que funcionava numa cave na Amadora, distrito de Lisboa. O espaço não tinha condições de higiene necessárias para as 16 crianças com idades entre os 0 e os 10 anos. E tinha alvará para funcionar apenas como cabeleireiro.

Sobre "Notícias"