Punho Cerrado: dos 21 arguidos, 14 absolvidos e apenas um em prisão efectiva

Chegou ao fim o julgamento da operação punho cerrado, em Leiria. O tribunal não deu como provados os crimes de exercício ilegal da segurança privada nem de associação criminosa, o que fez com que 14 dos 21 arguidos fossem absolvidos. Há três arguidos condenados a penas de prisão, mas dois deles com penas suspensas.