"Quando denunciei, a própria APAV deixou-o ir à casa abrigo"

Não é normal haver reunião com o agressor e foi o que aconteceu a Maria e às filhas, vítimas de violência doméstica durante 20 anos. APAV desmentiu, esta mulher reafirma: "Lembro-me perfeitamente da tareia que ele me deu quando tivemos de voltar para casa"

Sobre "Ana Leal"