"Que fique claro: não há nenhum acordo entre o PSD e o partido Chega"

O vice-presidente do PSD, Nuno Morais Sarmento, reagiu este sábado às palavras do primeiro-ministro, António Costa, que acusou o partido de ter passado uma "linha vermelha" depois de um alegado acordo entre os sociais-democratas e o Chega.

Sobre "Notícias"