Relatos de caos nas urgências do hospital Garcia de Orta

Sobrelotação de pacientes, apenas 4 enfermeiros para 60 macas, doentes amarrados e obrigados a usar fralda apenas porque não há funcionários para os acompanhar à casa de banho.