Rendeiro pode deixar de ser considerado fugitivo

O Supremo Tribunal de Justiça ordenou a libertação de Paulo Guichard por considerar que a pena do arguido não transitou em julgado. A decisão poderá ser extensível ao ex-banqueiro João Rendeiro, condenado a cinco anos e oito meses no mesmo processo. 

Sobre "Jornal da Uma"