Rio acusa Costa de ter um salário mínimo para privado e outro para o público

No primeiro debate quinzenal como líder da bancada do PSD, Rui Rio acusou Costa de ter criado dois salários mínimos, um para o público e outro para o privado.

"Não é correto, e não é justo, tratar desigual aquilo que deve ser igual. Ou seja, o salário mínimo na função pública tem de ser igual ao salário mínimo do privado, porque ele é, por definição, injusto, deveriam todos ganhar mais". 

Momentos antes o primeiro-ministro tinha anunciado que o novo valor do salário mínimo nacional iria ser aprovado quinta-feira em Conselho de Ministros e que o aumento agora decidido pelo Governo é ainda maior do que o da anterior legislatura.

Sobre "Notícias"