Ronaldo e a Coca Cola: tomadas de posição das estrelas podem influenciar as marcas?

Ter a projeção global de Cristiano Ronaldo faz com que qualquer ação do craque tenha repercussões a nível planetário. Algumas, de muitos milhões de euros, como a que se verificou nos últimos dia na cotação bolsista da Coca Cola. A marca de refrigerantes que Ronaldo rejeitou na conferência de imprensa caiu a pique. Ainda assim os efeitos nas vendas ou na imagem das próprias marcas podem ser passageiros. Tudo depende do perfil dos consumidores.

Sobre "Jornal das 8"