Rui Pinto, indiciado de seis crimes, já chegou a Portugal

65 dias depois de ter sido detido pelas autoridades húngaras, Rui Pinto, o hacker suspeito do acesso indevido a milhares de e-mails, chegou a Portugal. O português está indiciado de seis crimes: dois de acesso ilegítimo, dois de violação de segredo, um de ofensa a pessoa coletiva e outro de extorsão qualificada na forma tentada.