“Salários parece ser uma palavra banida do discurso oficial”

Jerónimo de Sousa garante que a solução que Portugal necessita passa uma reestruturação profundo em alguns setores da sociedade.

O PCP lembra que não possível subsistir à crise económica, gerada pela pandemia de Covid-19, com os baixos salários que muitos trabalhadores auferem.

Salários parece ser uma palavra banida do discurso oficial”, realçou.

O líder comunista não esqueceu a falta de investimento no SNS e nos profissionais de saúde.

Está em curso um ataque ao SNS”, reiterou.

Sobre "Notícias"