Sanções: presidente do Eurogrupo remete decisão para julho

No início da reunião dos ministros das Finanças dos 28, Jeroen Dijsselbloem disse que o procedimento dos défices excessivos não está na agenda deste encontro, e reafirmou que a decisão só será tomada em julho.