São imigrantes, trabalham nos campos e vivem em condições desumanas em Beja

Milhares de imigrantes trabalham nos campos do Alentejo, sobretudo, nas estufas do litoral e na apanha da azeitona no interior.

Em Beja, a TVI encontrou um grupo de 50 pessoas que vivem juntas, sem condições e partilhando espaços demasiado pequenos.

Sobre "Jornal da Uma"