"Se há diligências não estão a surtir efeito. A situação está a chegar ao limite"

Um lar em Famalicão tem todos os funcionários doentes ou de quarentena. Sem funcionários, os 33 utentes estão a ser acompanhados pela diretora técnica, que está grávida, e uma enfermeira.

Sobre "Jornal da Uma"