"Se o Covid-19 entra dentro das prisões, não há alternativa senão libertar presos"

Miguel Sousa Tavares diz que não percebe "porque é que a ministra da Justiça ainda hesita" em tomar essa decisão, sendo que a justiça está paralisada e os serviços do Ministério da Justiça podem tomar esta decisão em 24 horas