"Se pusermos a cabeça na areia nada vai correr melhor no dia seguinte"

A líder do Bloco de Esquerda não está satisfeita com as explicações dadas no Parlamento nem pelo ministro da Defesa, nem pelo Chefe de Estado Maior do Exército. Catarina Martins pede que a instituição militar retire as consequências do que aconteceu e pede ao Governo que assuma responsabilidades políticas e não ponha a cabeça na areia