Secretário de Estado da Proteção Civil demite-se no dia em que PJ realiza buscas no MAI

A três semanas das eleições, o Secretário de Estado da Proteção Civil, José Artur Neves, pediu a exoneração do cargo, no mesmo dia em que se soube que foi constituido arguido no âmbito do processo das golas inflamáveis distribuidas pela Proteção Civil. Durante a manhã, a Polícia Judiciária  e o DCIAP realizaram buscas no Ministério da Administração interna  e na própria residência do Secretário de Estado.