Segundo avião com toneladas de material de partida para Moçambique

A segunda aeronave da Cruz Vermelha a caminho da Beira leva uma componente inédita materno-infantil. Parte este domingo o segundo avião. São 33 toneladas de material médico, entre os quais kits para partos e artigos de assistência a recém-nascidos e às mães. Nesta operação "Embondeiro por Moçambique", segue uma equipa especializada em proteção materno-infantil, o presidente da Cruz Vermelha e a ministra da Saúde, Marta Temido. Na base militar de Figo Maduro, em Lisboa, o presidente da Cruz Vermelha e o presidente da Assembleia da República falaram à imprensa.