Segurança: estudo diz que distribuição de efetivos é desadequada

A distribuição das forças de segurança está desadequada à população portuguesa e ao tipo de crime em cada região. A conclusão faz parte de um estudo que adianta que metade da população vive a mais de cinco quilómetros de uma esquadra ou posto da GNR.