Segurança Social: 200 trabalhadores subcontratados receberam cartas de despedimento

35 trabalhadores que prestam serviço na Segurança Social do Porto vão ficar sem emprego.

Foram contratados em 2019 por empresas de trabalho temporário, e apesar do que fazem ser uma necessidade permanente, são agora despedidos.

Por todo país há 200 pessoas nesta situação.
 

Sobre "Jornal da Uma"