Sete arguidos condenados por tráfico de haxixe

Por tráfico de haxixe, o tribunal de Viana do Castelo condenou sete pessoas a penas de prisão efetiva. O caso remonta a 2014: os arguidos dedicavam-se ao tráfico de estupfacientes por via marítima quando foram interceptados pela polícia espanhola, em Almeria, Espanha. A pena mais pesada foi para um ex-pescador, considerado o líder do grupo. Foi condenado a nove anos e quatro meses de prisão.